DDO ERP

(Lê-se "dedeó", de Dynamic Direction of Organizations)

DDO ERP Software é um aplicativo de gerenciamento comercial, industrial e de atividades de prestação de serviços para empresas de pequeno e médio portes. Sua principal função é prover as ferramentas de gerenciamento e relatórios de uso geral. É desenvolvido com foco ao atendimento do empresário, o dono do negócio, seus gerentes e diretores.

Aspecto ilustrativo da interface:

interface do sistema DDO ERP
  • Controle de faturamento

  • Controle de estoques

  • Controle de contas a pagar e contas a receber

  • Controle de produção (fabricação e/ou desmontagem)

  • Contabilidade / Custos / Resultados

  • Controle de caixa e bancos

Funções do DDO ERP Software:

1) Fornecer relatório de resultado, apontando o quanto de LUCRO ou de PREJUÍZO. O relatório de resultado, que pode ser extraído para análise de um mês, um trimestre, um ano, ou qualquer outro intervalo de tempo de atividade da empresa cujos administradores entendam necessária a verificação, é exibido da seguinte forma ilustrativa:

imagem da DRE

O empresário utilizador do relatório poderá, inclusive, expandir o grau de detalhamento da DRE de forma a visualizar os valores componentes de cada rubrica. Por exemplo, para o grupo de "DESPESAS DO PERÍODO", teríamos algo como:

imagem da DRE  com as despesas do período

É possível, então, visualizar com objetivos gerenciais o porquê das despesas, no período analisado, somarem o valor total de $ 30.000,00. Seriam elas compostas de todas aquelas contas (Consumo de água, consumo de energia elétrica, despesas com aluguel, despesas com salários, encargos previdenciários, encargos de FGTS, despesa com combustível, despesa com materiais, despesa com telefone e internet). E, ainda, caso o empresário entenda necessário analisar uma conta de despesa relevante, como, por exemplo, a "Despesa com salários", no valor de $ 12.000,00, em nosso exemplo, poderá ele extrair um extrato daquela conta no período, o chamado Razão Analítico da conta Despesa com salários:

imagem despesas com salário, no relatório Razão Analítico

Pronto, estará o empresário munido de todas as informações de que precisa para avaliar o tamanho daquela despesa no seu resultado, se ela pode ou não ser trabalhada no sentido de poder ser diminuída, por exemplo.

2) Fornecer relatório de saldos patrimoniais que demonstrem uma "fotografia" da situação econômico e financeira da empresa em uma determinada data. O empresário, ou gestor, precisa conhecer, ao final de cada dia (ou de cada mês, cada trimestre, cada período que mais lhe for conveniente), sua posição de contas a pagar, de contas a receber, quantidade de dinheiro e saldo bancário disponível, etc.

O DDO ERP Software fornece o Balanço Patrimonial, como o aqui ilustrado:

imagem do Balanço Patrimonial

No lado "ATIVO", o relatório apresenta as rubricas (contas/objetos) que representam, na empresa, bens (propriedades) ou direitos. Assim, o Caixa, por exemplo, é um bem. Trata-se o saldo do caixa ($ 2.000,00) do valor que existia, em 31/12/20XX, na gaveta da mesa da pessoa que cuida do departamento financeiro, em dinheiro vivo, em espécie. Também representam "bens" os saldos de "Estoques", "Máquinas" e "Caminhões". Essas contas trazem, somados, os valores que a empresa gastou, ao longo do período, para comprar tais bens. Representa, assim, o total, em dinheiro, de quanto valem os estoques, as máquinas que se usa na empresa e os caminhões que a empresa possui, todos ao preço mínimo de custo, o preço pago por eles.

O saldo de "Contas a receber", no entanto, representa um "direito" que a empresa possui em relação aos seus clientes que dela compraram a prazo, ou seja, o saldo de contas a receber nada mais é do que a soma dos cheques pré-datados que a empresa possui guardados, recebidos de seus clientes, das notas promissórias, das duplicatas mercantis e, até mesmo, do "caderno de fiado" que se usa em padarias, bares, etc.

No lado "PASSIVO", o relatório apresenta as dívidas, as obrigações que a empresa possui, naquela data. Na linha "Fornecedores" seriam todas as duplicatas que a empresa ainda não pagou, até aquela data, decorrentes de suas compras a prazo. A linha de "Salários a pagar" mostra, em 31/12/20XX o valor que a empresa terá que pagar aos seus funcionários no quinto dia útil de janeiro do próximo ano, já que lá é a data de vencimento dos contracheques dos empregados.

No lado "PASSIVO", ainda, o relatório mostra um subgrupo muito interessante e importante, o chamado "PATRIMÔNIO LÍQUIDO". Tratam-se das dívidas que a empresa possui para com os seus donos, ou seja, é o dinheiro que os donos possuem na empresa, investido nela. Em outras palavras, podemos dizer que o saldo de patrimônio líquido é o valor que, caso os donos quisessem fechar a empresa naquela data, em 31/12/20XX, eles, os donos, receberiam, de volta, em dinheiro.

Por exemplo, se eles tomassem todo o dinheiro que está no caixa, recebessem todas as contas de clientes, vendessem todo o estoque, as máquinas e os caminhões ao valor de custo, arrecadariam, então $ 392.000,00! Com este dinheiro, se pagassem os fornecedores, os salários e os impostos, todos no total de $ 52.000,00, sobraria, então, para os donos receberem, no processo de baixa chamado de "Liquidação da Empresa", o valor de $ 340.000,00.

Como o DDO ERP SOFTWARE pode fazer isso?

O DDO ERP é montado, inteiro, sobre um plano de contas de seis níveis configurado pelo administrador da empresa:

interfacedo sistema do plano de contas

Basicamente, cada conta bancária que o usuário cadastrar posteriormente, cada cliente, cada mercadoria, produto ou serviço, cada fornecedor, disparará, então, automaticamente, a geração, no plano de contas, de uma conta contábil. O processo é totalmente transparente ao usuário.

Então, conta o sistema com um cadastro único que se serve à inclusão de mercadorias, produtos, serviços, itens de despesas, etc. Neste cadastro, o administrador define, então, para cada categoria de entrada e/ou saída e para cada item, quais contas se devem movimentar:

Por exemplo, no cadastro da "Despesa com Energia Elétrica":

1) Escolhe-se a UF de onde se origina a despesa. No caso de despesas correntes, como a energia elétrica, a origem é de mesmo endereço que a sede do estabelecimento. Assumiremos ser o Estado de São Paulo:

interface do sistema onde mostra o mapa do Brasil

2) Configuram-se contas débito, crédito e histórico a se adotar, para cada consequência que gere valor, daquela despesa:

interface do sistema onde o usuário escolhe o tipo de despesas

3) Pronto! Quando um usuário registrar entrada daquela despesa, pelo recebimento da nota fiscal de consumo de energia elétrica, por exemplo, toda a automatização é realizada e a despesa é computada no demonstrativo de resultado daquele período, além de, em contrapartida, ser registrada a obrigação de se pagar a conta, no lado passivo do Balanço Patrimonial.

DDO ERP Software ? CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS:

Tipo de sistema: ERP (Enterprise Resource Planning)

Linguagens de programação principais: PHP + JavaScript + HTML + CSS

Sistema Operacional no servidor: Windows Server 2008 R2 (Mínimo Windows 7)

Sistema Operacional no terminal: Windows/Linux/Android ou IOS (Não é instalado no terminal ? funciona no browser)

Funciona pela internet: SIM, é um sistema web

Funciona no tablet ou smartphone: SIM, diretamente nos navegadores SAFARI ou CHROME

Banco de Dados: Microsoft Access ou Firebird

Serviços disponibilizados: Contas a pagar, contas a receber, faturamento, emissão de notas fiscais, contabilidade, custos, produção (fabricação ou desmontagem), financeiro, apuração de impostos e geração de SPED (Obrigações acessórias)

Serve Folha de Pagamento: NÃO ? Apenas integra com a contabilidade através de arquivos MANAD

Emite boletos bancários: SIM (Caixa Econômica Federal e Bradesco)

Emite balancete com estoque: SIM ? Integração total (Estoques são diretamente demonstrados no balancete contábil)

Emite extrato de contas individualizadas de clientes e fornecedores: SIM ? Cada cliente e cada fornecedor possui uma conta individualizada

Emite Orçamento: SIM

Emite Pedidos: SIM

Parametrizações nos Pedidos ou nas Notas Fiscais: PEDIDOS

Possui módulo de produção: SIM (Com ficha técnica e custeio)

Possui módulo de desmontagem: SIM (Com ficha técnica invertida)

Tratamento de estoques da indústria: Estoque de materiais e matérias-primas + Estoque de produtos em elaboração + Estoque de produtos acabados

Possui frente de loja (checkout): SIM ? Integrado e servido com o DDO Frente CFe/SAT

Sistema de comandas (restaurantes / padarias): SIM

Controle de vasilhames: SIM (diretamente no checkout)

Aceita cartões de débito / crédito: SIM (Somente por POS e/ou Gatway de Pagamentos ? Não possui TEF)

REQUISITOS MÍNIMOS DE HARDWARE NO SERVIDOR

(Com alguma latência durante o uso):

  • Processador Intel Q9550 ou equivalente (4 núcleos físicos, 2,83Ghz, 12MB de memória cache;

  • 8GB de memória RAM dinâmica 800Mhz (DDR2 ou equivalente ou superior);

  • HDD SSD 256GB para windows + sistemas (Apache + PHP + DDO + Access ou Firebird);

  • HDD convencional 1TB 7200 RPM para backups;

  • Windows 7 Ultimate configurado para máximo desempenho e IIS + FAX removidos;

  • Placa de rede 100/1000 Mbps.

REQUISITOS RECOMENDADOS DE HARDWARE NO SERVIDOR

(Sem latência desconfortável durante o uso):

  • Placa Servidor Intel S1200btl XEON (Server) + Cpu E3-1220 XEON - 4 núcleos físicos, 3,10Ghz, 8MB de memória cache;

  • 8GB de memória RAM dinâmica 800Mhz (ECC / Server);

  • HDD SSD PCI Express (M2) 256GB para windows + sistemas (Apache + PHP + DDO + Access ou Firebird) ? 2050Mb/s para leitura e 700Mb/s para gravação;

  • HDD convencional 2TB 7200 RPM para backups;

  • Windows Server 2008 R2 ? Interprise configurado para máximo desempenho e IIS + FAX removidos;

  • Placa de rede 100/1000 Mbps.

SIMULAÇÃO DE PREÇOS DO SISTEMA DDO ERP SOFTWARE: